segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Graças a Lei Maria da Penha

Agora vamos falar de um assunto sério.

A algum tempo atraz entrou em funcionamento a famosa Lei Maria da Penha, a tal lei vem a proteger as mulheres de agressões sofridas por homens sejam eles, maridos, namorados, ou qualquer um que viesse a levantar uma mão a uma mulher.

Até ai tudo bem porém vejam esse video.

Ao meu ver essa lei só veio pra que casos como esses aconteçam com frequencia, por que, vamos combinar Mulheres são abusadas (mesmo antes da lei elas já abusavam pela cultura do "homen não pode bater em mulher).

Não tenho certeza mas me parece que a lei da os mesmo direitos aos homens agora imaginem a seguinte situação, o cara é agredido na porta da faculdade por uma palhaça de uma garota que não aguenta um tapa na bunda, ele tem seu carro arranhado pela desgraçada, evita qualquer tipo de reação. Este cara virou motivo de chacota pra toda a faculdade, ai ele ainda tem de ir até a delegacia, vira pro encarregada e diz: "oi eu queria denunciar minha namorada por que ela me bateu" aposto o dinheiro que qualquer um quiser, que esse cara vai virar motivo de chacota dentro da delegacia, e ele ainda vai ser incentivado a não levar o processo a frente para evitar o constrangimento dele mesmo.

Ou seja essa lei totalmente feminista diz que as mulheres podem fazer o que quiser por que nada pode ser feito contra ela.

Agora, pra que lei? eu na minha infância eu aprendi que se eu não aguento com alguém não devo provoca-lo ou dar motivos pra ele vir contra mim.

Se as mulheres seguissem esta pequena regra nada disso aconteceria, pra que a desgraçada tem q arranhar o carro e bater no cara? se não tivesse a porcaria da lei, ela não teria feito isso ou se fizesse o máximo que aconteceria ela tomaria uma raquetada por dentro do escorno e nunca mais ia se meter a encarar alguém que ela não iria aguentar as consequencias, sobre tudo um homen.

Eu sinceramente me revolto com essa lei, por que nós homens ficamos expostos a essas malucas, que estão amparadas por uma lei ridícula que só visa um lado e as transforma em "Meninas Super Poderosas"

32 comentários:

Dani disse...

O cara é um babaca!!! Não deveria bater na criatura (apesar dela merecer), porque isso não se faz. Mas por que o cara não pegou o carro, foi embora e deixou a dita cuja dando xilique sozinha?

fala sério!!!

beijo rouge

Dani

8 de dezembro de 2009 00:22
Dani disse...

Ah! adorei o blog e linkei no Ponto Rouge para voltar aqui sempre.

beijo rouge

Dani

8 de dezembro de 2009 00:26
Anônimo disse...

Par estes casos deveria ter a delegacia do macho rsrsrs

11 de dezembro de 2009 00:29
Anônimo disse...

mete um processo!!
sauhasuhasuhasuh

11 de dezembro de 2009 01:35
michel disse...

N e bem assim amigo. Aqui no rio tem alguns dpos que cagam e andam pras mulheres pq sabem q elas tb fazem merda. logico se isso n for mandado direto pra delegacia das mulheres. Mas ate la rola treta. Acreditem

11 de dezembro de 2009 02:25
Xistra disse...

Sou contra a lei Maria da Penha. A gente já tem leis para agressão física, não precisamos de mais uma. Mudanças na lei? Com certeza!! Penas duras para os covardes que espancam mulher e filhos em casa, mas uma lei específica para as mulheres... Não tenha dúvida que isso deixou elas bem atrevidas.Tenho um bom exemplo disso aqui em casa. Minha irmã pinta o diabo com o meu cunhado(um pouco pior que a mina do vídeo) e monta na tal da Maria da Penha. Além de ser segregador. Uma lei que é exclusiva de uma classe??? E o princípio constitucional de que todos são iguais perante a lei?
Abço

11 de dezembro de 2009 02:53
Bia disse...

Ué e polícia serve pra quê? É só dar queixa, ainda mais com um vídeo como prova, não é necessário bater em ninguém.

11 de dezembro de 2009 03:51
Anônimo disse...

tem é que criar a Delegacia do Homem e a Lei Mario da Penha

11 de dezembro de 2009 07:39
Anônimo disse...

É o outro lado da moeda ...num mundo machista, quem mais se fode é o próprio homem. Se denunciar a mulher, é fracote pq apanhou dela, se não denunciar, ela sai impune.

11 de dezembro de 2009 09:44
Anônimo disse...

É só comer a bundinha dela, que ela fica mais calminha!

11 de dezembro de 2009 09:54
Hassgakoo disse...

Bia, Infelizmente existem coisas que um processo não vale a pena, o trabalho, o custo financeiro, o constrangimento etc...
Pode parecer machismo agora imagina o constrangimento do cidadão ao chegar a delegacia pra denunciar a namorada que o agrediu, ja consigo ver o cara todo lanhado, com cara de choro na frente do delegado com pena de si mesmo e o delegado tentando segurar o riso na frente dele o aconselhando a deixar isso de lado pq nao vale a pena, quando seria muito mais facil ter dado lhe uma estupenda porrada na lazarenta e ela parava rapido com a palhaçada.

Michel, eu sou do Rio sei bem q isso acontece, mas em grande maioria das vezes acontece em locais onde o povo tem menor grana, dificilmente vc ouve falar desse tipo de coisa na zona sul pq as mulheres saõ mais bem informadas e conhecem seus direitos e o que existe em seu beneficio, acotece tb q elas geralmente nao sao dependentes de ninguem por tanto elas viram maxo se tem leia a favor delas elas usam e q se dane. Ja pro suburbio a coisa muda completamente de figura, pq a principio elas nao denunciam, vira barraco das brabos, mas ainda assim elas podem pintar e bordar, troca de porrada como se fosse briga de homem, no entanto no momento que elas veem q nao tem como ganhar aquela briga, partem pra maior defesa que teem DELEGACIA DE MULHER e o cara mais uma vez toma na toba. Essa lei é um absurdo.

11 de dezembro de 2009 09:59
Anônimo disse...

Eu praticularmente não deixaria ela aranhar o carro e nem bater na minha cara. Seguraria a cachorra pelo braço e daria umas boas palmadas na bunda dela, como se faz com criança..

11 de dezembro de 2009 10:30
Anônimo disse...

kra até a parte onde ela bate na cara do cara ainda dava pra segurar, mais qdo ela risca o carro

vei eu tinha dado uma de direita nela kra, carro não é coisa para se riscar U_u

11 de dezembro de 2009 11:25
Natalia disse...

Primeiro, o vídeo não mostra o POR QUE da briga... Não dá pra saber os motivos dessa atitude dela... Pode ter sido um simples chilique, frescura, ou também um acerto de contas...

Quanto à Lei Maria da Penha... Há casos e casos... Agressão física não é realmente um tratada como um crime... O máximo que ocorre é de o agressor ser submetido a um boletim de ocorrência e dormir uma noite na cadeia... A não ser, é claro, que a vítima seja menor de idade. Sendo assim, é necessário um amparo específico para violência domiciliar... Quem é contra é porque provavelmente nunca presenciou o que de fato ocorre... Para pessoas de maior "esclarecimento intelectual" e social, isso não costuma ocorrer, as mulheres geralmente são mais esclarecidas, e enfrentam de igual pra igual um homem... Mas em muitas famílias, onde o pensamento ainda é o de macho dominante e mulher submissa, a violência ocorre quase que diariamente, e muitas mulheres vivem o verdadeiro inferno dentro da própria casa... Para essas situações sim, essa lei é válida e necessária...

Agora... Sinceramente... "se não tivesse a porcaria da lei, ela não teria feito isso ou se fizesse o máximo que aconteceria ela tomaria uma raquetada por dentro do escorno e nunca mais ia se meter a encarar alguém que ela não iria aguentar as consequencias, sobre tudo um homen." Isso é coisa de frustrado... O sujeito acha que é inabalável porque TEORICAMENTE é mais forte que uma mulher? Falar é fácil...

11 de dezembro de 2009 11:50
Anônimo disse...

Ahhh fala sérioooo!!!! entra dentro do carro e sai fora né !!!! ....deixa ela lá dando piti sozinha....qq um faria isso.....

Abço...

11 de dezembro de 2009 12:14
MalviN Gi disse...

Sem comentarios, o cara fez muito bem não ter batido nesta piranha, eu queria ter essa calma, pq bateu na minha cara automatico ela tomaria uma na cara e eu me daria mal, arranhou meu carro na maldade entao ctz eu daria uma nela bem dada, se um dia isso acontecer cmg espero ter a calma que ele teve pq juro nao e facil uma pessoa te desafiar assim e vc ficar quieto...eu fiquei com muita raiva so de ver.

11 de dezembro de 2009 12:29
Hassgakoo disse...

Natalia

O Motivo não importa, assim como "nada justifica a agressão do homen a mulher" nada justifica que ela o agrida e alem disso danifique o bem dele.

Sobre seu comentario final, peço que releia o texto em momento algum eu falei sobre a proxima vez ela nao vai agredir um homen, disse sobre ela agredir a alguém com quem ela não aguente, isso pode ser uma mulher mais forte, uma criança, um traveco ou seja la o que for.

Malvin

Devido a lei sou obrigado a concordar com vc, a atitude dele foi a menos errada, mas queria ainda poder resolver com 1 raquetada sem receio de responder a essa lei lazarenta.

11 de dezembro de 2009 13:36
Jagunço disse...

acho linnnndo aquela anã bater as patinhas no chão como se adiantasse alguma coisa... mas riscar meu carro, é chão na hora, ia cair sem ver.

11 de dezembro de 2009 14:10
Anônimo disse...

Ele deveria ter arrebentado a cara dela sem dó, ia preso mas com honra. E não, ele não viraria mocinha na cadeia pois isso é reservado a estrupador e pedofilos em geral, não para a maria da peida. Saindo da cadeia era de caçar o coro de uma safada dessas.

11 de dezembro de 2009 15:46
Anônimo disse...

Só capricha no português atras com z é foda...

11 de dezembro de 2009 16:01
Hassgakoo disse...

Isso aqui não é aula de português não fera, e ja foi avisado a tempos, "não será dificil encontrar erros de português neste blog" se isso realmente te incomoda, não precisa voltar aqui campeão.

Beijo na Bunda.

11 de dezembro de 2009 16:20
Anônimo disse...

DaNIEL

FALTA DE PIRÚ.....EU COMERIA O CUZINHO DELA....COM FORÇA.

11 de dezembro de 2009 16:28
conhecimento_oculto disse...

Fim dos tempos. Coisas piores vão ocorrer nesse sentido, normal.

11 de dezembro de 2009 18:24
Falcão disse...

aaaah se uma mulher dessa arranha meu maverick...
se num fosse pra bater passava uma rasteira nela e dexava ela no chão reclamando sozinha ;p fácil.

11 de dezembro de 2009 19:44
Anônimo disse...

simples so chamar as amigas piriguetes da facu pra da 1 coro na outra XD

11 de dezembro de 2009 21:23
Anônimo disse...

LEI MARIA DA PENHA TAMBÉM CONDENA AS MULHERES QUE AGRIDEM HOMENS!!!!!

ESTUDEM UM POUCO SOBRE O ASSUNTO PARA FICAREM PROTEGIDOS!!!!!


SDS,


Robinson Rubens

11 de dezembro de 2009 22:58
Anônimo disse...

é fácil da cinquentinha pra outra mina arrebentar a vagaba.

11 de dezembro de 2009 23:38
Bia disse...

Eu não me referia a denunciar agressão e sim danos materiais ou morais. E não vejo motivo pra vergonha. Homem que é homem não precisa bater em mulher pra provar nada.

Bater em alguém jamais foi solução pra nada!

12 de dezembro de 2009 01:37
Hassgakoo disse...

Bia

Seu discurso, é muito bonitinho, mas infelizmente na pratica funciona diferente na sociedade em que vivemos, se você é homen e passa por uma situação dessas e não faz nada, você vira motivo de chacota e vai passar vergonha sim, sou homen e sei o que estou falando.

O fato de bater em mulher nem foi cogitado na ocasião estaria batendo em alguém que esta me agredindo e danificando um bem meu.

Simples assim.

12 de dezembro de 2009 03:50
Bia disse...

Hassgakoo

Isso não é desculpa!

Obrigada!

13 de dezembro de 2009 21:34
Alvaro disse...

talvez eu nao daria porrada
mas mano, no minimo eu arrastava pra longe do meu carro

um amigo meu aki a mulher dele tava nervosa bateu a porta do carro dele cm toda a força ele prometeu q iria colocar a cabeça dela entre a porta e o carro e bater com toda a força tbm, ela nunk mais bateu uhauhauha

OGRO - esse fera do video aí é um BOSTA

14 de dezembro de 2009 19:26
Anônimo disse...

A Lei Maria da Penha existe para proteger a esposa que é espancada pelo marido macho e alcoólatra. Com um vídeo para provar e dezenas de pessoas como testemunhas, só um burro sairia perdendo.

A propósito, quem não quer ser motivo de chacota, não começa uma discussão com uma namorada enfurecida em público. As chances de sair como o vencedor nessas situações são poucas. Ele permitiu isso... Se sua namorada (por mais baixinha e invocada que seja) começar a gritar com você na frente dos outros, ligue o foda-se... Brigue também ou vá embora. O melhor é ir embora. Ficar parado como um porco capado e impotente não resolve.

16 de dezembro de 2009 02:41

Postar um comentário

Deixe seu comentário ou critica (Não Esqueça a Educação)